25 de outubro de 2008

Lost weekend de Rui Pires Cabral


Um dia é maior do que a soma
das suas horas
, às vezes comporta
todos os invernos e as estações assombradas
pelos prejuízos do prazer.

Eu e tu, que desculpa ainda nos justifica?
A cidade não foi feita para as nossas pretensões,
está apenas alastrada por dentro de nós
, crispação
de pedras e espinhos no laço desfeito entre as veias.

Adiantamos o corpo aos rolamentos da noite,
é a própria razão que nos ilumina os atalhos
para o esquecimento.
Um ano inteiro não será suficiente
para tudo o que não nos acontece.

Um poema de Rui Pires de Cabral… Este poema tem a particularidade de ter três frases que acho simplesmente fantásticas e que (embora por outras palavras) já me atravessaram mais do que uma um vez o pensamento (ou o espirito), são essas as frases marcadas em itálico. Espero que o apreciem tanto como eu.

3 comentários:

Multiolhares disse...

gostei do poema todo, podemos tirar varias elações, mas as frases por ti escolhidas podem dizer mesmo muito a quem tenta uma procura interior
bom fim de semana

Derfel disse...

O poema é Lindo, mas mais importante e Belo é a forma como ele nos toca, tal como te tocou a ti, nomeadamente através dessas três fases que mostraram tão importante para ti...

"Um dia é maior do que a soma
das suas horas" tal como um humano é mais do que a soma dos seus conhecimentos e experiências.

Boa escolha

Agradecido pela partilha

Knight_Derfel
"Há sempre LUZ dentro de nós."

Elisa Encarnação disse...

Obrigada pelos comentários, multiolhares e derfel! Logo irei visitar os vossos cantinhos!!
Eu gostei muito do poema aqui referido por isso decidi partilhar convosco e fico muito feliz por terem gostado quanto eu...

Felicidades,
Elisa Encarnação